» Pe. Vitor Galdino Feller

IV – O MISTÉRIO DA IGREJA

A Lumen Gentium começa apresentando a Igreja como mistério. Desde o século XVI, após o Concílio de Trento, a vinha se configurando como instituição, uma sociedade tão perfeita como qualquer organização humana, com leis específicas sobre a pertença eclesial: a prática dos mesmos sacramentos, sobretudo o batismo e a eucaristia, a profissão da mesma fé, […]

III – A LUMEN GENTIUM E OS OUTROS DOCUMENTOS CONCILIARES

Há quatro grandes constituições publicadas pelo Concílio Vaticano II: duas, sobre a Igreja: Lumen Gentium e Gaudium et Spes, e duas sobre as mesas com as quais o cristão se alimenta na fé: Sacrosanctum Concilium e Dei Verbum. A Constituição Sacrosanctum Concilium sobre a sagrada liturgia foi o primeiro documento do Concílio. Nos anos anteriores […]

II – A VIRADA DA LUMEN GENTIUM

A mudança eclesiológica acionada na Constituição Dogmática Lumen Gentium sobre a Igreja só pode ser entendida dentro da mudança histórica querida pelo Concílio Vaticano II. O novo paradigma da Lumen Gentium está na inserção, deliberadamente trabalhada, da imagem da Igreja como povo de Deus, como comunidade de crentes, em sua igualdade fundamental. A elaboração deste […]

I – NECESSIDADE DE REFORMA

O Concílio promoveu uma grande virada no modo de a Igreja se ver a si mesma e em sua relação com o mundo, com as outras igrejas e com as religiões, na celebração da liturgia e na leitura da Bíblia. Para entender a virada promovida pelo Concílio Vaticano II, convém situar historicamente este grande evento, […]